Semana de votação do Orçamento de Minas Gerais.

Confira o resumo da semana do Deputado Gustavo Corrêa durante a votação do Orçamento de Minas Gerais.

27/03/2015 às 18h00

Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária

No início dessa semana, na segunda feira (23), o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, e o secretário de Fazenda, José Afonso Bicalho, foram sabatinados durante reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembleia Legislativa. 

Durante a reunião, deputados de base do Governo e de oposição pediram uma série de esclarecimentos dos secretários sobre a peça que foi enviada à ALLMG. Gustavo Corrêa (DEM) interpelou com três perguntas, onde questionou o porquê de se aumentar despesas com publicidade, algo que os parlamentares que hoje compõem a situação sempre criticaram do antigo Governo, perguntou sobre o motivo do cancelamento das multas de 1 (um) milhão de reais, que era aplicada ao Banco do Brasil por atrasos nos repasses ao estado e pediu esclarecimentos sobre o atual momento da economia brasileira e a condução da política do governo federal. “A economia do país não vai bem. Será que é realmente Minas que está quebrada? A previsão de crescimento do país foi revisto de 2% para 0,8% (do Produto Interno Bruto – PIB). Quem sabe a Dilma, o governador Fernando da Dilma, não podem ajudar? Nosso limite de endividamento está dentro do permitido”, destacou Corrêa.

Abaixo o vídeo com os questionamentos de Gustavo Corrêa:

Ministro da Comunicação Social

Na quarta-feira (25) durante as discussões de plenário, Gustavo, aparteando o deputado Felipe Attiê, destacou a saída do Ministro da Comunicação Social Thomas Traumann, o quarto Ministro a deixar o Governo de Dilma em menos de 100 dias de mandato, escancarando a crise no Palácio do Planalto.

Confira a parte:

 

Gustavo Corrêa encaminha projetos na Votação do Orçamento do Estado de Minas Gerais:

Na posição de Líder do Bloco de Oposição, Verdade e Coerência, Gustavo Corrêa (DEM) pediu para que algumas emendas Fossem votadas em destaque. O Presidente da ALMG, deputado Adalcléver Lopes destacou a votação das emendas, mas a base do Governo de Fernando Pimentel rejeitou todas.

Eram cinco as emendas, todas de autoria do ex-deputado Célio Moreira (PSDB). Elas tinham como objetivo transferir recursos da Secretaria de Estado de Governo, destinados a ações de publicidade, para outras áreas do Executivo: nº 235 (recursos para meio ambiente), 238 (educação), 239 (saúde), 241 (assistência social) e 242 (segurança pública).

Discurso e o pedido em Plenário:


Voltar

Confira também:




ASSCOMGC
Assessoria de Comunicação Deputado Gustavo Corrêa

Gabinete 228 | Assembleia Legislativa de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, nº 30 | Santo Agostinho
Belo Horizonte/MG | CEP: 30190-921
Telefone: (31) 2108.5120